Announcing: BahaiPrayers.net


More Books by Ivone Amâncio Bezerra

Poema da Consulta para Crianças
Poema da Igualdade
Poema da Paz
Free Interfaith Software

Web - Windows - iPhone








Ivone Amâncio Bezerra : Poema da Paz
POEMA DA PAZ
1. edição, Rio de Janeiro, 1987
Editora Bahá'í do Brasil
As crianças são a matéria prima da paz.

Acreditando que educar é ensinar a viver e confiando que as crianças de hoje constituam a geração da paz, dedicamos a publicação deste livro.

A comunidade Bahá'í do Brasil
Que uma Paz ainda bem
Criança, venha brincar,
Para sempre, nos corações
De Luciana, Fabrício, André
Luiz e Shirin.
Era uma vez um menino
Que olhava a vida lá fora.
E, distraído, pensava:
- Onde será que a Paz mora?
Viu, então, dois passarinhos,
Voando no céu azul.
E, perguntou, curioso:
- A Paz mora lá no Sul?
E os dois seres pequeninos
Disseram, batendo as asas:
A Paz, meu menino, existe
E mora em muitas casas.
Quem poderia saber
A resposta a tal pergunta?
Talvez as duas joaninhas,
Nas verdes, folhas, tão juntas...
- Amiguinhas, um momento!
Preciso saber agora:
Onde existe a Paz no Mundo?
Onde será que ela mora?
- Nós sabemos, menininho,
Mas, não vamos lhe dizer.
Você tem que descobrir
E, depois, se convencer!...
- Pergunta a outros, insiste,
E, nada de desistir!
A casa da Paz existe
E é vizinha do SENTIR.
Lá longe, num riozinho,
Dois peixinhos conversavam.
Conversa séria de peixes
Que muito se estimavam...
- Ei, peixinhos, meus amigos,
Sabem me dizer agora
Onde é a casa da Paz?
Onde será que ela mora?
- Nós dois sabemos, menino
E a pista damos, então:
A casa da Paz existe
Vizinha da COMPAIXÃO
E os dois lerdos jacarés
Cochilavam, bem juntinho.
E abriram seus verdes olhos
Para aquele menininho.
- O que é que você quer?
Perguntou o macho, rouco.
Talvez a minha mulher
Saiba, do assunto, um pouco.
- Procuro a casa da Paz
Respondeu o menininho
- A casa da Paz existe
Procure mais um pouquinho...
Viu um sapo e uma sapinha
De batom. No ribeirão.
E eles lhe responderam:
- Procure junto ao PERDÃO.
E ele foi às aranhas,
De novo, a perguntar:
E elas lhe responderam,
Na teia, a se balançar:
- Você não sabe, ainda,
Meu querido menininho?
A Paz mora, aqui bem perto,
Muito perto do CARINHO.
Perguntou à Mamãe Gata
Que cuidava do filhinho
Mamãe Gata respondeu:
- Procurar é o caminho...
Quem poderia dizer
A resposta ao menininho?
Talvez pudessem saber
Aqueles dois coelhinhos...
E os bichinhos responderam:
- Branca é a sua cor.
A casa da Paz existe
E é vizinha do AMOR.
O menino, ao contemplar
Na lama, estes dois porquinhos,
Resolveu lhes perguntar
E ouviu dos dois bichinhos:
-Só vamos lhe dar a pista
E descubra de verdade:
A casa da Paz existe
Junto da Fraternidade
O casal de tartarugas
Que passava ali por perto,
Cumprimentou o menino,
Que buscava um rumo certo.
- Procura a casa da Paz?
Perguntou então o macho.
- Procuro, mas desanimo
Pois, a resposta, não acho.
- Pergunte, menino aos cães.
Eles moram com as pessoas.
Talvez que os cachorros saibam
Estas e outras coisas boas...
Perguntou aos dois cachorros
Aquela mesma questão
- A casa da Paz existe
Junto da COMPREENSÃO
- Abelhinhas, abelhinhas!
Gritou ele, então, bem forte.
Digam já se vocês sabem:
- A Paz mora lá no Norte?
- É no Sul? Onde é que é?
As duas logo disseram:
- A casa da Paz existe
É vizinha da FÉ
Já era noite então
Quando viu os dois ratinhos.
E fez a mesma pergunta
Para aqueles dois bichinhos.
- Ora esta, meu menino
Cante com a nossa canção:
A casa da Paz existe
No fundo do CORAÇÃO!...
E o pequenino curioso
Quase nem acreditava
Naquilo que acontecia,
Pois, a resposta ali estava.
E o menino com os bichinhos
Vieram cantar, então:
A CASA DA PAZ EXISTE
NO FUNDO DO CORAÇÃO!...

Table of Contents: Albanian :Arabic :Belarusian :Bulgarian :Chinese_Simplified :Chinese_Traditional :Danish :Dutch :English :French :German :Hungarian :Italian :Japanese :Korean :Latvian :Norwegian :Persian :Polish :Portuguese :Romanian :Russian :Spanish :Swedish :Turkish :Ukrainian :