Announcing: BahaiPrayers.net


More Books by AEN Brazil

Algumas Notas sobre as Provas Bahá'ís baseadas na Bíblia
Canções Bahá'ís
Desenvolvimento Sócioeconômico
Eliminando o preconceito do coração humano
Fraternidade Humana
Fé em Ação - Religião e Desenvolvimento
Guia de Estudo do Kitáb Aqdas - CONDIC
Homenagem ao Centenário da Ascenção de Bahá'u'lláh
Homenagem à Ruhíyyih Rabbani
Introdução à Fé Bahá'í
Leis, História e Administração
O Ensino Religioso nas Escolas
O que significa ser bahá'í
Os Bahá'ís e a Constituinte
Os Bahá'ís e o Muro de Berlim
Paz Mundial - Passos Decisivos
Promessas de Vitória
Subsídios Bahá'ís
Free Interfaith Software

Web - Windows - iPhone








AEN Brazil : O que significa ser bahá'í
O QUE SIGNIFICA SER BAHÁ'Í

Esclarecimentos e orientações que todo seguidor de Bahá'u'lláh deve conhecer e vivenciar

tradução de "What is means to bem Bahá'í", elaborada pela AEN USA, versão brasileira totalmente adaptada e modificada.

O QUE SIGNIFICA SER BAHÁ'Í?
Ser bahá'í significa:
* Aprimorar-se espiritualmente todos os dias.

* Aprofundar-se cada vez mais no conhecimento da Palavra Divina - a Revelação de Bahá'u'lláh.

* Esforçar-se para transformar em atos os ensinamentos que for aprendendo.

* Integrar-se na vida comunitária bahá'í, para ajudar na construção de uma nova civilização, o Reino de Deus na Terra.

* Nas palavras de 'Abdu'l-Bahá: "Ser um bahá'í significa simplesmente amar a todos; amar à humanidade e esforçar-se por servi-lo, trabalhar pela paz e fraternidade universais."

Os textos e informações que se seguem ajudarão você na compreensão desses diversos aspectos da vida bahá'í e assim iniciar uma jornada de luz, de fé, de alegria e espiritualidade na Comunidade Bahá'í.

- - - - -
BREVE INTRODUÇÃO ÀS FIGURAS CENTRAIS DA FÉ BAHÁ'Í
Bahá'u'lláh (A Glória de Deus)

É o Mensageiro de Deus para esta época. Nasceu na antiga Pérsia, em 1817.

Aprisionado e exilado por mais de 40 anos, proclamou a Unidade do Gênero Humano e é o Prometido anunciado por Moisés, Jesus Cristo e Muhammad. Faleceu em 1892.

O Báb (A Porta)

Foi o Profeta-Mártir da Fé Bahá'í. Ele preparou o povo para a vida de Bahá'u'lláh. O Báb nasceu em 1819, declarou Sua Missão em 23 de maio de 1844 e foi fuzilado publicamente em 9 de julho de 1850. Seu túmulo, fica nas encostas do Monte Carmelo, em Haifa, Israel.

'Abdu'l-Bahá (O Servo da Glória)

Foi o primogênito de Bahá'u'lláh e Centro de Seu Convênio. Nasceu em1844 e faleceu em 1921. Ele foi o exemplo perfeito de vida bahá'í e o intérprete autorizado das Escrituras de Bahá'u'lláh.

Shoghi Effendi

Neto de 'Abdu'l-Bahá, foi por Ele designado em Seu Testamento o "Guardião da Causa de Deus" e intérprete dos ensinamentos bahá'ís. Nasceu em 1897 e faleceu em 1957.

O NOVO CONVÊNIO
O Novo Convênio

Uma das características distintivas da Fé Bahá'í e a renovação do Convênio que existe entre Deus e a humanidade. Este Convênio está na própria essência do que é ser bahá'í. O Convênio assegura o fluxo contínuo da Guia Divina, garante a unidade e a integridade da comunidade bahá'í e a flexibilidade de seus ensinamentos, evitando-se sectarismos. Quando nos declaramos bahá'ís, nos tornamos parte do Convênio de Bahá'u'lláh e da Fé eterna de Deus, e aceitamos integralmente Sua revelação. Somos fiéis ao Convênio vivendo de acordo com os mandamentos de Bahá'u'lláh, obedecendo Suas Leis e seguindo as orientações das Instituições Administrativas. Ser firme no Convênio transforma nossa alma e tem reflexos na nossa comunidade.

A ADMINISTRAÇÃO BAHÁ'Í
A Casa Universal de Justiça

É a instituição máxima da Fé Bahá'í, referida por Bahá'u'lláh e Seu Livro Sagrado e por 'Abdu'l-Bahá em Seu Testamento. Tem nove membros, eleitos a cada cinco anos por representantes dos bahá'ís de todo o mundo. Sua sede fica em Haifa, Israel.

Assembléias Espirituais

A Guia Divina, nesta época, continua a fluir através do Convênio de Bahá'u'lláh às Assembléias Espirituais Locais e Nacionais. Com nove membros eleitos pelos bahá'ís, a cada ano, estas Assembléias formam a base da estrutura administrativa bahá'í e hoje são milhares no mundo. No Brasil temos centenas de Assembléias Locais.

Conselhos Bahá'ís

São instituições regionais eleitas anualmente pelos membros da Assembléias Espirituais Locais de uma região ou de um Estado. O Brasil tem mais de uma dezena de Conselhos.

Mãos da Causa de Deus

Shoghi Effendi indicou um número de bahá'ís dedicados ao progresso da Fé Bahá'í como Mãos da Causa de Deus. Receberam a missão de promover os ensinamentos da Fé e também protegê-la contra a desunião.

Instituições dos Conselheiros

Após o falecimento de Shoghi Effendi, em 1957, não seria possível designar as Mãos da Causa de Deus. Assim, a Casa Universal de Justiça passou a designar os Conselheiros, dando-lhes as mesmas funções das Mãos de Causa.

Membros do Corpo Auxiliar e seus Ajudantes

Proteção e podem designar Ajudantes. Eles atuam em regiões definidas pelos Conselheiros.

AS LEIS QUE CADA BAHÁ'Í DEVE OBEDECER
Introdução

Em seu Livro Sacratíssimo, o Kitáb-i-Aqdas, Bahá'u'lláh determina aquilo que é melhor para o nosso progresso e felicidade espiritual e, especificamente, define leis e mandamentos.

Ele esclarece:

"As leis de Deus foram enviadas do céu de Sua mais augusta Revelação. Todos devem observá-las com diligência. A suprema distinção do homem, seu verdadeiro progresso, sua vitória final, delas sempre têm dependido e continuarão a depender."

"Quem guardar os mandamentos de Deus atingirá a sempiterna felicidade"

Orações Obrigatórias

Bahá'u'lláh deixou três obrigatórias, que se encontram em livreto separado. Há uma curta que deve ser dita entre o meio dia e pôr-do-sol; uma média que deve ser dita três vezes ao dia e uma longa a ser recitada a qualquer momento do dia. Devemos escolher uma das três para nosso uso diário.

A Oração Obrigatória Curta

"Dou testemunho, ó meu Deus de que Tu me criaste para Te conhecer e adorar. Confesso neste momento, minha incapacidade e Teu poder, minha pobreza e Tua riqueza. Não há outro Deus além de Ti, o Amparo no perigo, O que subsiste por Si próprio."

Leitura Diária de Escrituras Sagradas

Bahá'u'lláh nos deu a lei de ler trechos das Sagradas Escrituras ao amanhecer e ao anoitecer. Através deste contato diário com a Palavra de Deus, podemos aperfeiçoar nosso caráter e cumprir com a Vontade de nosso Pai Eterno.

Jejum

No período de 2 a 20 de março, os bahá'ís com idade entre 15 e 70 anos devem jejuar abstendo-se de alimentos e bebidas de qualquer espécie entre o nascer o pôr-do-sol.

Estão isentos de jejuar: gestantes, mulheres que amamentam ou que estão em suas regras; os enfermos e os viajantes em certas condições.

Huqúqu'lláh, o Direito de Deus

É um pagamento feito por cada bahá'í à Casa Universal de Justiça sempre que seu patrimônio aumentar em certo valor.

Bahá'u'lláh promete bênçãos inestimáveis aos que cumprem este mandamento. Maiores detalhes no livro Huqúquqlláh.

Casamento

Para o casamento bahá'í, após a decisão dos noivos, é essencial que seus pais dêem seu consentimento. A cerimônia prevê a recitação destas palavras de Bahá'u'lláh:

"Nós, verdadeiramente anuiremos todos à Vontade de Deus"

O casamento é visto como uma união de duas almas, uma fortaleza de bem-estar.

O divórcio é fortemente desaprovado na Fé Bahá'í, mas é permitido quando há aversão insuperável entre marido e mulher.

Álcool, drogas e jogos de azar

Bahá'u'lláh enfaticamente proibiu o consumo de bebidas alcoólicas e o uso de drogas. O jogo de azar, é proibido aos bahá'ís.

Testamento

Cada bahá'í deve fazer o seu testamento confirmando sua fé em Bahá'u'lláh e determinando a destinação de seus bens. Neste deverá constar o desejo de ter um funeral de acordo com as leis bahá'ís.

Funeral

O funeral bahá'í consta da leitura de uma oração congregacional revelada para a ocasião e de outros textos sagrados. O enterro não deve ultrapassar uma hora de distância do local do falecimento. Um bahá'í não pode ser cremado.

Obediência à Lei

Os bahá'ís devem acatar as leis do país onde residam e devem demonstrar um comportamento ético e moral compatível com o elevado padrão contido nos ensinamentos de Bahá'u'lláh.

Não-Envolvimento em Política

Bahá'u'lláh proíbe que os bahá'ís tenham envolvimento político-partidário. Não devem ser candidatos a quaisquer cargos políticos. No entanto devem cumprir suas obrigações cívicas, seguindo a lei do país, de participar das eleições.

Festa de Dezenove Dias

O Calendário Bahá'í tem 19 meses com 19 dias casa e mais quatro ou cinco dias chamados "intercalares", acrescentados antes do último mês de cada ano bahá'í. No primeiro dia de cada mês os bahá'ís se reúnem para realizar a Festa de Dezenove Dias, que com suas partes devocional, administrativa, consultiva e social objetiva a renovação espiritual dos participantes. É uma reunião que somente os bahá'ís participam.

Eleições Bahá'ís

Aos 21 anos o bahá'í pode votar e ser votado para compor uma Assembléia Espiritual Local ou Nacional. Ele pode perder.

O CALENDÁRIO BAHÁ'Í
O Calendário Bahá'í

O dia bahá'í tem início com o pôr-do-sol do dia 20. No primeiro dia de cada mês devemos assistir a uma Festa de 19 dias:

Nome do Mês / Tradução / 1º dia
1. Bahá - Esplendor - 21 de março
2. Jalál - Glória - 9 de abril
3. Jamál - Beleza - 28 de abril
4. 'Azamát - Grandeza - 17 de maio
5. Núr - Luz - 5 de junho
6. Rahmat - Mercê - 24 de junho
7. Kalimát - Palavras - 13 de julho
8. Kamál - Perfeição - 1 de agosto
9. Asma - Nomes - 20 de agosto
10. 'Izzát - Força - 8 de setembro
11. Mashíyyat - Vontade - 27 de setembro
12. 'Ilm - Sabedoria - 16 de outubro
13. Qudrat - Poder - 4 de novembro
14. Qawl - Discurso - 23 de novembro
15. Masá'il - Perguntas - 12 de dezembro
16. Sharaf - Honra - 31 de dezembro
17. Sultán - Soberania - 19 de janeiro
18. Mulk - Domínio - 7 de fevereiro
19. 'Alá - Sublimidade - 2 de Março
Dias Sagrados Bahá'ís

Bahá'u'lláh proibiu o trabalho nos nove Dias Sagrados. Os bahá'ís devem pedir a seus empregadores para dispensa-los do trabalho nesses dias, mas se isto lhes for recusado não devem faltar ao emprego. São os seguintes Dias Sagrados Bahá'ís:

Naw-Rúz (Ano Novo) - 21 de Março
Declaração de Bahá'u'lláh - 21 de Abril
Novo Dia do Ridván - 29 de abril
Décimo-Segundo Dia do Ridván - 2 de maio
Declaração do Báb - 23 de Maio
Ascenção de Bahá'u'lláh - 29 de maio
Martírio do Báb - 20 de outubro
Aniversário de Bahá'u'lláh - 12 de novembro
DIVERSOS
Instituto de Capacitação

Para melhor podermos servir a Fé Bahá'í devemos aumentar nosso conhecimento dos ensinamentos dos ensinamentos de Bahá'u'lláh e assim desenvolver capacidades de como levar a Fé a outras pessoas, como educar as crianças, como ajudar no crescimento de nossas comunidades, etc. Tudo isto pode ser aprendido nos Instituto mais próximo de você e se inscreva.

Reuniões Devocionais

As comunidades bahá'ís são orientadas a realizar regularmente, de preferência uma por semana, uma reunião de devoção a Deus, onde orações e escritos sagrados são lidos. É o momento onde cada indivíduo comunga com seu Criador.

ASSOCIAÇÕES COM ORGANIZAÇÕES NÃO-BAHÁ'ÍS

Um bahá'í pode associar-se a organizações e empreendimentos sociais, culturais, humanitários, caritativos e educacionais, ou deles participar quando seus ideais tiverem afinidade com os princípios universais da Fé Bahá'í.

Embora a afiliação em organizações eclesiásticas não seja permitida, a associação com elas deve ser não apenas tolerada, mas deveras encorajada.

"Não há maneira melhor para demonstrar o caráter universal da Causa do que isto. Bahá'u'lláh encoraja os Seus seguidores a se associarem com todas as religiões e nações com a máxima amizade e amor. Isto constitui o âmago do espírito da Sua mensagem à humanidade.

OUTROS PRIVILÉGIOS DE UM BAHÁ'Í
O Fundo Bahá'í

A contribuição aos Fundos Bahá'ís é um privilégio sagrado e exclusivo dos bahá'ís. As contribuições são espontâneas e voluntárias. É mais uma bênção no apoio ao estabelecimento do Reino de Deus na Terra. Veja também o folheto anexo "Fundos e Contribuições - Uma Visão Bahá'í"

Ensinar a Fé

Ensinar a Fé a outras pessoas é considerado por Bahá'u'lláh como "o mais meritório de todos os atos" Podemos ensinar de diversas formas: presenteando livros e folhetos bahá'ís, convidando pessoas para as reuniões ou fazendo orações para que os que buscam Bahá'u'lláh encontre os bahá'ís.

Credencial Bahá'í

Todos os bahá'ís, com mais de 15 anos de idade, devem portar uma credencial bahá'í quando viajam a outra comunidade. Esta credencial serve para identifica-lo como bahá'í permitindo-lhe assistir as Festas de 19 Dias, e outros eventos bahá'ís. A credencial é emitida pela Assembléia Espiritual Local e no caso de viagem ao exterior, pela Assembléia Espiritual Nacional. Sua validade é de um ano.

LITERATURA BAHÁ'Í
Literatura Bahá'í

Há mais de uma centena de títulos para a compreensão e aprofundamento de um bahá'í. Todos são estimulados a formar a sua biblioteca bahá'í, e também presentear seus familiares e amigos.

Relação de literaturas sugerida

Adquira estes livros com o bibliotecário local ou diretamente junto à Editora Bahá'í do Brasil.

* Kitáb-i-Aqdas
* Seleção dos Escritos de Bahá'u'lláh
* Orações e Meditações Bahá'ís
* Bahá'u'lláh
* Bahá'u'lláh e a Nova Era
* Shoghi Effendi - Um tributo
* Pérolas de Sabedoria
* Ladrão na Noite
* Que Brilhe o Sol
* O Novo Jardim
* Portais para a Liberdade
* Administração Bahá'í - Uma dádiva divina
Jornal Bahá'í do Brasil

É distribuído gratuitamente e cada bahá'í. É onde poderá encontrar notícias sobre o desenvolvimento da Fé Bahá'í no Brasil e no mundo, bem como artigos para aumentar seus conhecimentos. Caso após dois meses de seu registro como bahá'í, você não tiver recebido o jornal, contate a Sede Nacional Bahá'í.

INVESTINDO NO SEU CRESCIMENTO ESPIRITUAL
Expressão das palavras divinas

Bahá'u'lláh nos dá a chave para alcançarmos a libertação do "eu" inferior e vivermos na graça de nossa natureza espiritual:

"Livrai vossas almas, ó povo, da escravidão do eu, e purificai-as de todo apego a qualquer coisa além de Mim. A lembrança de Mim limpa de contaminação todas as coisas - pudésseis vós apenas o perceber."

Assim, lembremo-nos sempre de Bahá'u'lláh, pois tal atitude "limpa da contaminação de todas as coisas."

Devemos, também, procurar expressar em atos as qualidades divinas que Deus nos concedeu e que formam a realidade de nosso verdadeiro "eu".

Afastar-se da maledicência e calúnia

São ambas condenadas e devem ser evitadas a todo custo. Em "As Palavras Ocultas", Bahá'u'lláh nos diz:

"A língua, Eu a designei para Me mencionar; não a corrompais com a difamação. Se a flama do ego vos sobrevier, lembrai-vos de vossas próprias faltas e não das faltas de Minhas criaturas, já que cada um de vós conhece a si mesmo melhor do que aos outros."

Em outra palavra oculta, Ele nos adverte:

"Ó FILHO DO HOMEM! Nem sequer sussurres os pecados alheios enquanto tu próprio fores pecador. Fosses tu transgredir este mandamento, maldito serias, e disso dou testemunho."

Eliminando os Preconceitos

Bahá'u'lláh condenou todas as formas de preconceito quando nos deu o princípio da unidade humana e quando afirmou ser a "Terra um só país e os seres humanos, seus cidadãos."

'Abdu'l-Bahá esclareceu: "Os preconceitos de religião, raça, nação e política, igualmente subvertem as bases da sociedade humana. Todos levam-na à carnificina e contribuem para a sua ruína." Por isso, Bahá'u'lláh determinou aos Seus seguidores a "se associarem às pessoas de todas as religiões com alegria e júbilo".

E 'Abdu'l-Bahá afirmou em Sua Última Vontade e Testamento:

"Ó vós, povos do mundo! A religião de Deus visa amor e união: não a torneis causa de inimizade e conflito..."

É Bahá'u'lláh quem nos orienta como tratar os outros:

"É Nossa vontade e Nosso desejo que cada um de vós se torne uma fonte de toda bondade para os homens e um exemplo de retidão para o gênero humano. Acautelai-vos para que não considereis a vós mesmos acima de vosso próximo. Fixai vosso olhar n'Aquele que é o Templo de Deus entre os homens."

OUTRAS LEIS E ENSINAMENTOS
A vida após a Morte

Bahá'u'lláh nos ensinou que o espírito humano após a morte física do corpo continuará evoluindo por infinitos mundos de Deus. Não existe retorno a este mundo e sim, ilimitada evolução.

Consulta

Na Fé Bahá'í os assuntos e questões são resolvidos através da consulta. A consulta bahá'í é um processo criativo pelo qual as opiniões e as idéias diferentes evoluem para uma decisão bem equilibrada e madura... Os que consultam, como, por exemplo, os membros de uma Assembléia, têm que se familiarizar antes com os fatos relacionados ao assunto em pauta e com os ensinamentos bahá'ís a respeito.

Após isto, expressam seus pontos de vista e opiniões, franca e claramente, porém sem se apegarem a eles. "A centelha luminosa da verdade", escreve 'Abdu'l-Bahá, "somente surge após o encontro de opiniões diferentes."

Peregrinação

O Centro Mundial da Fé Bahá'í, está em Israel. O Santuário de Bahá'u'lláh está em Bahjí, próximo a 'Akká, e os do Báb e de 'Abdu'l-Bahá, no Monte Carmelo, em Haifa.

Os bahá'ís podem visitar estes e outros lugares sagrados bahá'ís em peregrinação. O pedido deve ser feito, antecipadamente, à Casa Universal de Justiça.

O MÁXIMO NOME
Símbolo do Máximo Nome

O Nome Supremo é o Nome de Bahá'u'lláh e foi desenhado pelo próprio 'Abdu'l-Bahá. Trata-se de uma combinação entre as letras árabes B (Bá) e H(Há) que também formam a palavra Bahá, que significa Luz, Glória e Esplendor. É o símbolo da Fé Bahá'í.

O Desenho do Máximo Nome
= O mundo de Deus
= O mundo de Suas Manifestações
= O mundo humano

São unidos por uma linha vertical representando os Mensageiros.

Invocação e Saudação

Invocação: Yá-Bahá'u'l-Abhá (se pronuncia: ia-barrá-ól-abrrá) que significa "Ó Tu, Glória do Mais Glorioso

Saudação: Alláh'u'Abhá (se pronuncia: alá-rrô-abrrá) que significa: Deus é o mais Glorioso.

Yá-Bahá'u'l-Abhá é escrito no original árabe.

É melhor guiar uma só alma do que possuir tudo o que está na terra, pois enquanto essa alma guiada estiver à sombra da Árvore da Unidade Divina, ambas, tanto ela como a pessoa

que a guiou, serão recipientes da terna misericórdia de Deus...

Não há paraíso mais admirável para qualquer alma do que se submeter à influência do Manifestante de Deus em Seu Dia, Lhe ouvir os versículos e neles acreditar, atingir Sua presença, a qual não é outra, senão a presença de Deus, navegar sobre o mar do reino celestial de Seu beneplácito e participar dos frutos escolhidos do paraíso de Sua Unicidade divina


Table of Contents: Albanian :Arabic :Belarusian :Bulgarian :Chinese_Simplified :Chinese_Traditional :Danish :Dutch :English :French :German :Hungarian :Italian :Japanese :Korean :Latvian :Norwegian :Persian :Polish :Portuguese :Romanian :Russian :Spanish :Swedish :Turkish :Ukrainian :