Announcing: BahaiPrayers.net


More Books by AEN Brazil

Algumas Notas sobre as Provas Bahá'ís baseadas na Bíblia
Canções Bahá'ís
Desenvolvimento Sócioeconômico
Eliminando o preconceito do coração humano
Fraternidade Humana
Fé em Ação - Religião e Desenvolvimento
Guia de Estudo do Kitáb Aqdas - CONDIC
Homenagem ao Centenário da Ascenção de Bahá'u'lláh
Homenagem à Ruhíyyih Rabbani
Introdução à Fé Bahá'í
Leis, História e Administração
O Ensino Religioso nas Escolas
O que significa ser bahá'í
Os Bahá'ís e a Constituinte
Os Bahá'ís e o Muro de Berlim
Paz Mundial - Passos Decisivos
Promessas de Vitória
Subsídios Bahá'ís
Free Interfaith Software

Web - Windows - iPhone








AEN Brazil : Fraternidade Humana
FRATERNIDADE HUMANA
Alguns Conceitos da Fé Bahá’í
Editora Bahá’í
1983
INTRODUÇÃO

A Fé Bahá'í historicamente começa com o nascimento em Shíráz, na Pérsia - atual Irã - em 20 de outubro de 1819, de Mírzá Ali Muhammad, mais conhecido pela designação de o "BAB". Aos 25 anos de idade revelou ser o Profeta previsto nos textos sagrados, o Precursor encarregado de preparar a vinda do Prometido de todas as religiões, cuja missa seria a de inaugurar uma era de virtude e de 'paz.

O Báb encontrou forte resistência às suas idéias de parte do clero muçulmano da época, que instigou o governo a persegui-Lo, encarcerá-Lo e finalmente fuzilá-Lo, o que ocorreu em Tabríz" no norte da Pérsia, em 9 de julho de 1850. Nos anos seguintes, 20 mil de seus adeptos, conhecidos como bábís, foram assassinados.

O Prometido, anunciado pelo Báb, foi um de seus primeiros discípulos, Mírzá Husayn ‘Alí, chamado de BAHÁ'U'LLÁH, que significa A GLÓRIA DE DEUS. Dois anos mais idoso que o Báb, Mírzá Husayn ‘Alí teve vida longa e intensa, sofrendo as mesmas perseguições que o Báb. Aprisionado: despojado dos bens, foi finalmente exilado para Bagdá, em 1853, mas só proclamou abertamente sua missão divina em 1863, antes de ser transferido para Constantinopla, em seguida para Adrianópolis, e finalmente para Akká, na então Palestina, onde morreu aos 75 anos, em 1892.

A Fé Bahá'í teve como continuador, após o passamento do Fundador, BAHÁ'U'LLÁH, seu filho mais velho, 'ABDU'L-BAHÁ, através vontade expressa de seu pai, sendo conhecido como o Intérprete autorizado e o Exemplo das virtudes Bahá'ís. ‘Abdu’l-Bahá faleceu em 1921 e por Testamento deixou a direção da Fé a seu neto, de nome SHOGHI EFFENDI,conhecido como o Guardião da Fé Bahá'í. Este faleceu em 1957, A Fé Bahá'í está organizada desde os níveis locais, em cada cidade onde vivem crentes declarados, e em nível nacional, em cada país com comunidades bahá'ís, culminando com a Casa Universal de Justiça, eleita pela primeira vez em 1963, com sua sede em Haifa, na Terra Santa.

Shoghi Effendi explicou os princípios básicos da Fé Bahá'í nas seguintes palavras, escritas em 1947, a convite do Comitê Especial das Nações Unidas, na Palestina:

"A Revelação proclamada por Bahá’u’lláh - crêem os que O seguem - é divina em sua origem, universal no seu âmbito, dotada de visão larga, científica nos seus métodos, humanitária em seus princípios e dinâmica pela influência que exerce sobre o espírito e o coração dos homens.

A missão do Fundador da Fé - segundo o conceito deles - consiste em apresentar a verdade religiosa como relativa e não absoluta, e a Revelação Divina como progressiva e contínua. Os fundadores de todas as religiões passadas, embora divergindo nos aspectos não essenciais dos seus ensinamentos, "habitam o mesmo tabernáculo, pairam nos mesmos céus, sentam-se no mesmo trono, pregam nos mesmos termos e proclamam a mesma Fé".

O eixo em torno do qual gira a Causa de Bahá’u’lláh - já demonstraram - é a unidade orgânica do gênero humano como corolário final do inteiro processo -da evolução humana; com este princípio ela se identifica. A etapa terminal dessa extraordinária evolução - asseveram - não é apenas necessária, é inevitável e vem aos poucos se aproximando. Somente o poder celestial, do qual é revesti da cada Mensagem divinamente ordenada, poderá levá-la com êxito até o fim.

A Fé Bahá'í reconhece a unidade de Deus e de Seus profetas, defende o princípio da livre investigação da verdade, condena todas as formas de preconceito e superstição, ensina que o propósito fundamental da religião é promover a concórdia e harmonia;

Que ela deve· caminhar lado a lado com a ciência e a razão e que é a única e definitiva base para uma sociedade pacífica, ordeira e progressista;

Proclama o princípio de iguais oportunidades, direitos e privilégios para o, homem e a mulher;

Advoga a educação compulsória;
Elimina os extremos da pobreza e riqueza;

Exalta o trabalho realizado em espírito de serviço ao grau de adoração;

Recomenda a adoção de um idioma internacional·- auxiliar; e

Prevê as agências necessárias para o estabelecimento e manutenção de uma paz universal e permanente."

- - - - - - -

As compilações que se seguem são dos escritos autênticos de Bahá’u’lláh, de 'Abdu'l-Bahá e de Shoghi Effendi e englobam alguns conceitos Bahá'ís sobre a Fraternidade Humana. São divulgadas com o mais sincero desejo de levar aos seus leitores um pouco mais de luz no caminho daqueles que almejam, como os Bahá'ís, mais harmonia, paz e compreensão entre os seres humanos.

- - - - - - -
A UNIDADE DO GÊNERO HUMANO

"A terra é um só país, e os seres humanos são seus cidadãos."

"Vós habitais um só mundo e fostes criados através da operação de uma só vontade. Bem-aventurado quem se associa a todos os homens em espírito da maior bondade e amor."

"Fecha; vossos olhos para-as diferenças de raça e acolhei a todos à luz da unidade."

"O bem-estar da humanidade, sua paz e segurança, são inatingíveis enquanto não for estabelecida firmemente sua unidade."

BAHÁ'U'LLÁH
- - - - -

"Um ensinamento fundamental de Bahá’u’lláh é a unidade do mundo humano. Dirigindo-se à humanidade, Ele diz: "Vós todos sois as folhas de uma só árvore e os frutos de um mesmo ramo." Isto significa que o mundo humano se assemelha a uma árvore, que as nações ou povos são vários ramos dessa árvore e as criaturas humanas individuais são seus frutos e flores.

Assim Bahá’u’lláh expressou a unidade da raça humana, enquanto em todos os ensinamentos religiosos do passado o mundo humano se afigurava como dividido em duas partes, uma conhecida como o povo do Livro de Deus, ou a árvore pura, e a outra como o povo da infidelidade e erro, ou a árvore má. Aquele era considerado como pertencente aos fiéis, e o outro às hastes dos irreligiosos e infiéis; uma parte da humanidade, os contemplados pela Misericórdia Divina, e a outra, o objeto da ira de seu Criador. Sua Santidade Bahá'u'lláh removeu isto, ao proclamar a unidade do mundo humano, e este princípio se destaca em Seus ensinamentos, pois Ele submergiu toda a humanidade no mar da generosidade divina. Alguns estão adormecidos; precisam ser despertados. Outros estão enfermos; necessitam de cura. Outros ainda estão imaturos como crianças; falta-lhes ensino. Todos, entretanto, são atingidos pelas graças e dádivas de Deus."

'ABDU'L-BAHÁ

"A expressão de Deus é uma lâmpada cuja luz são estas palavras: Sais os frutos de uma só árvore e as folhas do mesmo ramo. Tratai uns aos outros com o maior amor e harmonia, . com amabilidade e fraternidade. Aquele que é o Sol da Verdade me dá testemunho! Tão poderosa é a luz da unidade que ela pode iluminar toda a Terra. O Deus Uno e Verdadeiro, Aquele que conhece todas as coisas, atesta, Ele próprio, a verdade destas palavras."

BAHÁ'U'LLÁH
UNIDADE NA DIVERSIDADE

"A única diferença entre os membros da família humana é a de grau.

Alguns são como crianças, não tendo conhecimentos, e devem ser educados até atingirem a maturidade; outros são como os doentes e precisam ser tratados com ternura e cuidado. Nenhum é malévolo ou mau. Não devemos sentir repulsa por essas pobres crianças. Devemos tratá-las com' grande bondade, ensinando àqueles que carecem de conhecimentos e cuidando com ternura dos enfermos." - 'ABDU'L-BAHÁ

"Considerai as flores de um jardim. Embora difiram em espécie, colorido, formato e tamanho, no entanto, desde que são refrescadas pelas águas da mesma nascente, revivificadas pelos sopros de um Só vento, vigorizadas pelos raios de um mesmo sol, esta diversidade aumenta seu encanto e lhes realça a beleza. Quão pouco agradável seria aos olhos, se todas as flores e plantas, as folhas e os frutos, as árvores e os ramos desse jardim fossem do mesmo formato e colorido! A diversidade de matizes, formato e tamanho enriquece e adorna o jardim, acentuando-lhe o efeito. Assim, quando diversas nuances de pensamento, temperamento e caráter são reunidos sob o poder de um agente central, a beleza e a glória da perfeição humana serão reveladas, tornar-se-ão manifestas. Nada senão a potência celestial da Palavra de Deus, a qual rege e transcende a realidade de todas as coisas, é capaz de harmonizar os diversos pensamentos, sentimentos, idéias, e convicções dos filhos dos homens." - 'ABDU'L-BAHÁ

PRECONCEITOS

"Bahá’u’lláh ensinou também que preconceitos, sejam de religião, de raça, de pátria ou de política, destroem as bases do desenvolvimento humano. Preconceitos de qualquer espécie são destruidores da felicidade e do bem-estar humanos. Enquanto não forem eliminados, o progresso do mundo humano não será possível; no entanto, observam-se em toda parte preconceitos de raça, religião e nacionalidade. Há milhares de anos o mundo humano é agitado e perturbado por causa de preconceitos. Enquanto isto prevalecer, a guerra, a animosidade e o ódio persistirão. Se desejamos, pois, estabelecer a paz, devemos remover esse obstáculo, pois de outro modo a concórdia e a tranqüilidade não serão conseguidas." - 'ABDU'L-BAHÁ

AMOR À HUMANIDADE

"Outrora se revelou: "O amor à pátria é elemento da Fé Divina." A Língua da Grandeza, entretanto, no dia de Sua manifestação, proclamou: "Que não se vanglorie quem ama sua pátria, mas sim, quem ama o mundo."

Através do poder liberado por estas palavras excelsas, prestou Ele um novo impulso e deu uma nova direção às aves dos corações dos homens, e eliminou do Livro Sagrado de Deus todo traço de restrição e limitação." - BAHÁ'U'LLÁH

"É homem, em verdade, quem se dedica hoje ao serviço da inteira raça humana. Diz o Grande Ser: Bem-aventurado € feliz quem se levanta a fim de promover os melhores interesses dos povos e raças da Terra." BAHÁ'U'LLÁH

A INFLUÊNCIA DA RELIGIÃO

"Os que possuem riqueza e os homens de honra e poder devem ter o maior respeito possível pela religião. A religião é uma luz manifesta e uma poderosa cidadela para a proteção e a tranqüilidade dos povos do mundo. Pois o temor de Deus manda os homens fazerem o que é justo e lhes proíbe o que é mau. Se a lâmpada da religião permanecesse oculta, a agitação e a anarquia prevaleceriam, o orbe da, justiça e eqüidade, e o sol da paz e tranqÜilidade, seriam impedidos de irradiar luz. Todo homem de discernimento dá testemunho disso." BAHÁ'U'LLÁH

"O terceiro ensinamento de Bahá'u'lláh é que a religião deve ser a fonte da amizade, a causa da unidade, e fazer com que o homem se aproxime de Deus. Se incita ódio e luta, a ausência de religião é preferível, e um homem irreligioso é melhor do que quem assim a professa. De acordo com a vontade e o desígnio de Deus, a religião deveria ser causa do amor e da concórdia, um laço para unir todo o gênero humano, pois é uma mensagem de paz e boa vontade vinda de Deus ao homem." 'ABDU'L-BAHÁ

A REVELAÇÃO BAHA'Í

"Ó vós que habitais na terra! A feição distintiva que assinala o caráter proeminente desta Suprema Revelação consiste nisto: Temos, por um lado, apagado das páginas do sagrado Livro de Deus, qualquer coisa que haja sido causa da contenda, de malícia e maldade entre os filhos dos homens, e, por outro, temos estabelecido os requisitos essenciais da concórdia, da compreensão, da unidade completa e duradoura. Bem-aventurados os que observam Meus Preceitos." - BAHÁ'U'LLÁH

"Nesta Era sagrada o conflito e a contenda de modo algum são permitidos. Todo agressor priva-se da graça de Deus. Incumbe a cada um mostrar o maior amor, retidão de conduta, franqueza e bondade sincera para com todos os povos e raças do mundo, sejam amigos ou estranhos. Tão intenso deve ser o espírito de amor e benevolência, que o estranho se veja tratado como amigo, e o inimigo como verdadeiro irmão, não existindo entre eles diferença alguma. Pois a universalidade é de Deus e todas as limitações são terrenas. Assim deve o homem se esforçar para que sua realidade manifeste virtudes e perfeições cuja luz se irradie sobre todos. A luz do sol brilha sobre o mundo inteiro e as chuvas misericordiosas da Divina Providência caem sobre todos os povos.

A brisa vivificadora reanima toda criatura vivente, e todos os seres dotados de vida obtêm seu quinhão à Sua mesa celestial. De igual modo, a afeição, ternura e benevolência dos servos do Deus Uno e Verdadeiro devem se estender generosa e universalmente a toda a humanidade. A este respeito, não são permitidas, absolutamente, restrições ou limitações." - ‘ABDU'L-BAHÁ

ATITUDE BAHÁ'Í PARA COM AS OUTRAS RELIGIÕES

“A Fé que se identifica com o nome de Bahá’u’lláh não admite qualquer intenção de menosprezar um Profeta anterior, de lhe diminuir um ensinamento ou ofuscar, no menor grau, o brilho de Sua revelação, de desarraigá-lo dos corações de Seus adeptos, de anular os fundamentos de Sua doutrina, de rejeitar qualquer dos Livros revelados, ou suprimir as legítimas aspirações de Seus adeptos. Repudiando o suposto direito de qualquer religião de ser a Revelação final de Deus ao homem, inclusive Sua própria Revelação, Bahá’u’lláh infunde o princípio básico de ser relativa a verdade religiosa. Visa Ele alargar a base de todas as religiões reveladas e desvendar os mistérios de suas escrituras. Insiste sobre o reconhecimento incondicional de sua unidade de propósito; expressa novamente as eternas verdades que todas elas encerram, coordena-lhes as funções, distingue, em seus ensinamentos, o essencial e autêntico do não-essencial e espúrio, separa as verdades de origem divina das superstições de procedência sacerdotal e, nesta base, proclama ser possível e até inevitável, sua unificação e a consumação de suas mais altas esperanças." - SHOGHI EFFENDI

DIRIGENTES RELIGIOSOS

"Nem se ·deve pensar, por um momento sequer, que os seguidores de Bahá’u’lláh procuram degradar 9u mesmo desprezar a posição dos dirigentes religiosos do mundo, sejam cristãos, maometanos ou de qualquer outra fé, contanto que sua conduta esteja em harmonia com sua profissão e digna da posição que ocupam." -

SHOGHI EFFENDI

"Respeitai os sacerdotes entre vós, aqueles cujas ações conformam com o conhecimento que possuem, que observam as leis de Deus e ordenam as coisas que Deus decretou no Livro. Sabei que eles são as lâmpadas guiadoras entre a Terra .e o céu. Os que nenhuma consideração têm pela posição e pelo mérito dos sacerdotes em seu meio, alteram, em verdade, a graça de Deus que lhes foi concedida." - BAHÁ'U'LLÁH

A UNIDADE MUNDIAL

"Todas as coisas criadas têm seu grau ou etapa de maturidade. O período da maturidade na vida de uma árvore é o tempo de sua frutificação... O animal atinge a etapa do pleno crescimento ·e perfeição, e no reino humano, o homem alcança sua maturidade quando a luz .. de sua inteligência atinge seu máximo poder e desenvolvimento... De igual modo há períodos e etapas na vida coletiva da humanidade. Certa época, atravessava a fase da infância; em outra, o período da juventude, mas agora entrou na etapa da maturidade, desde muito prevista, cujas evidências estão aparentes em toda parte... O que era aplicável às necessidades humanas durante os tempos primitivos da raça não se adapta às exigências atuais, deste período novo da consumação, nem pode satisfazê-las. A humanidade emergiu de seu estado anterior de limitação e ensino preliminar. O homem deve imbuir-se agora de novas virtudes e poderes, novas normas morais, novas capacidades. Graças renovadas e dádivas perfeitas o espera!J1 e já descem sobre ele. As dádivas e bênçãos do período juvenil, embora oportunas e suficientes durante a adolescência da humanidade, são agora incapazes de satisfazer as exigências de sua maturidade." - 'ABDU'L-BAHÁ

"A unificação da humanidade inteira é o distintivo da etapa da qual a sociedade humana atualmente se aproxima. A unidade de família, de tribo, de cidade-estado, e de nação foram sucessivamente tentadas e completamente estabelecidas. A unidade do mundo é agora a meta para a qual a humanidade em sua aflição dirige os seus esforços. O processo de formar nações já chegou ao fim. A anarquia inerente à soberania estatal aproxima-se de um clímax. Um mundo amadurecente deve abandonar esse fetiche, reconhecer a unidade e a universalidade das relações humanas, e estabelecer de uma vez por todas o mecanismo que melhor possa concretizar este princípio" fundamental da sua vida..." - SHOGHI EFFENDI

"Uma nova vida, nesta era, agita-se dentro de todos os povos da terra; e no entanto ninguém lhe descobriu a causa, nem percebeu o motivo. Ó vós, filhos dos homens, o propósito fundamental que anima a Causa de Deus e Sua Religião é o de salvaguardar os interesses e promover a unidade da raça humana. .. É este o caminho reto, o alicerce fixo e imóvel. Qualquer coisa que for erigida sobre este alicerce jamais terá sua força danificada pelas mudanças do mundo, nem sua estrutura minada pela revolução dos séculos incontáveis." - BAHÁ'U'LLÁH

A SOCIEDADE FUTURA

"A unidade do gênero humano - assim como Bahá'u'lláh a concebeu - compreende o estabelecimento de uma comunidade mundial em que todas as nações, raças, credos e classes estejam estreita e permanentemente unidas, e na qual a autoridade dos Estados que a compõem, a liberdade e a iniciativa pessoal dos membros individuais destes, sejam garantidas de um modo definitivo e completo.

Tal comunidade mundial deve abranger, .segundo o nosso conceito, uma legislatura mundial, cujos membros, os representantes de todo o gênero humano, virão a controlar todos os recursos das respectivas nações componentes e criar as leis que forem necessárias para regular a vida, satisfazer as necessidades e ajustar as relações de todas as raças e povos entre si.

Um executivo mundial, apoiado por uma Força Internacional, efetuará as decisões dessa legislatura mundial, aplicará as leis por ela criadas e protegerá a unidade orgânica de toda a comunidade mundial.

Um tribunal mundial deverá adjudicar toda e qualquer disputa que surja entre os vários elementos que constituem esse sistema universal, sendo irrevogável a sua decisão.

Um idioma mundial será criado, ou escolhido dentre as línguas existentes, e será ensinado em todas as escolas de todas as nações federadas, como auxiliar à língua nativa.

Uma escrita mundial, uma literatura mundial, um sistema uniforme e universal de moedas, de pesos e medidas simplificarão o intercâmbio e entendimento entre as nações e raças da humanidade.

Nesta sociedade mundial, a ciência e a religião, as duas forças mais poderosas da vida humana, serão reconciliadas, assim cooperando e desenvolvendo-se harmoniosamente. - SHOGHI EFFENDI

ORAÇÃO PELA HUMANIDADE

Ó Tu, Senhor Bondoso! Criaste toda a humanidade dos mesmos pais.

Quiseste que todos pertencessem ao mesmo lar.

Em tua Santa Presença todos são Teus servos e todo o gênero humano se abriga sob Teu tabernáculo.

Todos se têm reunido à Tua mesa de graças e brilham pela luz de Tua providência.

Ó Deus, És bondoso para com todos, provês a todos, amparas todos e a todos concedes vida.

De Ti recebem todos os seres talentos e faculdades.

Todos estão submersos no oceano de Tua misericórdia.

Ó Tu, Senhor Bondoso! Une todos, faze as religiões concordarem e torna as nações uma só, para que sejam como uma só espécie e filhos da mesma pátria.

Que se associem em união e acordo.

Ó Deus, Ergue o estandarte da unidade do gênero humano.

Ó Deus, Estabelece a Paz Máxima! Enlaça os corações, ó Deus!

Ó Tu, Pai Bondoso, Deus! Extasia os corações com a fragrância de Teu Amor, ilumina os olhos com a Tua luz que guia, alegra os ouvidos com as melodias de Tua Palavra e abriga-nos no recinto de Tua providência.

Tu és o Grande e o Poderoso! És o Clemente e és Aquele que perdoa as faltas da humanidade." - 'ABDU'L-BAHÁ


Table of Contents: Albanian :Arabic :Belarusian :Bulgarian :Chinese_Simplified :Chinese_Traditional :Danish :Dutch :English :French :German :Hungarian :Italian :Japanese :Korean :Latvian :Norwegian :Persian :Polish :Portuguese :Romanian :Russian :Spanish :Swedish :Turkish :Ukrainian :